Caminhoneiro é picado por jararacuçu enquanto limpava carroceria da carreta em Cubatão (SP)

Caminhoneiro é picado por jararacuçu enquanto limpava carroceria da carreta em Cubatão (SP)

Um caminhoneiro, identificado como Valmir Alves Ribeiro, de 46 anos foi internado às pressas após ser picado por uma cobra da espécie jararacuçu próximo à sua residência em Cubatão, município de São Paulo.

O motorista, morador do Caminho 2, no bairro Vila Natal, retirava a água acumulada na carroceria de seu caminhão quando sentiu algo grudado no dedo do pé. Ao perceber que tratava-se de uma cobra, o Valmir se assustou.

“A sensação é de como se passasse um caminhão em cima do seu pé. É como se você estivesse sendo esmagado. Em todos esses anos, já passei por situações sofridas na minha vida, mas nenhuma foi como essa. Pensei que iria morrer, coração ficou disparado, alucinei”, relatou Valmir Alves Ribeiro em entrevista ao G1.

Depois de ser picado, o animal continuou o rondando para picá-lo de novo, então, pediu ajuda a um amigo que passava pelo local. “Fiquei com medo de circular o veneno, e eu ficar mais nervoso. Pedi ajuda a um amigo que estava próximo e ele matou a cobra, tirando de perto de mim”, afirma.

Valmir foi levado às pressas ao Pronto Socorro Municipal, onde recebeu soro antiofídico – utilizado para neutralizar o veneno de serpentes.

O motorista ainda ficou internado por 5 dias para o tratamento dos danos colaterais.

“A sensação é de como se passasse um caminhão em cima do seu pé. É como se você estivesse sendo esmagado. Em todos esses anos, já passei por situações sofridas na minha vida, mas nenhuma foi como essa. Pensei que iria morrer, coração ficou disparado, alucinei”

A Prefeitura Municipal e a Ecovias estão apurando o caso.

Jararacuçu é a segunda maior serpente peçonhenta do Brasil

Com tamanho médio de 1,5 metros, a Jararacuçu é considerada a segunda maior serpente peçonhenta do Brasil.

Algumas podem atingir até 3 metros de comprimento. Por conta do seu tamanho, esse animal é capaz inocular uma grande quantidade de veneno em suas presas.

Morador de Corupá encontra cobra de três metros de comprimento | NSC Total