Caminhoneiro morre após colidir na traseira de carreta na BR-316, MA

Codó

Um caminhoneiro, identificado como Hugo Alex da Lima Almeida, 40 anos, conhecido por Lekinho, morreu na madrugada desta quarta-feira (5), após colidir o caminhão que conduzia, na traseira de uma carreta na BR-316, no município de Codó, a 298 km de São Luís, no Maranhão.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Hugo conduzia o caminhão, modelo Volkswagen Constellation, placas de Aurelino Leal/BA e seguia sentido Codó-Caxias, quando colidiu na traseira de uma carreta, modelo  M.BENZ/LS 1634, com placas de Jundiaí/SP.

 Codó

O motorista do caminhão, Hugo Alex, ficou preso às ferragens e morreu na hora. Já o condutor da carreta, não se feriu.

Por se tratar de um trecho de reta, a principal hipótese é que o condutor tenha pegado no sono.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), precisou ficar no local para evitar o saque da carga.

Família marcada por acidentes:

De acordo com informações, o pai e irmão de Hugo, também morreram vítimas de acidentes de caminhão.

O pai, morreu em um acidente de caminhão na região de Tobias Barreto, no estado de Sergipe, há mais de 20 anos.

Já o irmão, morreu em 2018, quando parou o caminhão no pátio de um posto de combustíveis para verificar um problema nos pneus traseiros. Nesse momento, o veiculo se movimentou e o atropelou.

Ele chegou a ser socorrido para um hospital em Belo Horizonte, onde faleceu no dia seguinte.