Caminhoneiro que atropelou homem de 56 anos foge em alta velocidade em Cubatão

Caminhoneiro que atropelou homem de 56 anos foge em alta velocidade em Cubatão

Um caminhoneiro de 43 anos foi preso após atropelar e matar um homem de 56 anos, nessa quinta-feira (25), em Cubatão, São Paulo.

O atropelamento ocorreu no acesso à Rodovia Cônego Domenico Rangoni.

O caminhoneiro fugiu do local sem prestar socorro à vítima, que não resistiu, e veio a óbito.

Vídeos postados nas redes sociais mostram uma carreta trafegando em alta velocidade, desgovernada e invadindo o acostamento. Testemunhas que estavam em obras no local confirmaram ser o mesmo veículo responsável pelo atropelamento.

A Polícia Militar foi acionada e conseguiu descobrir que o veículo pertencia à uma empresa de logística, situada em Santos.

Os policiais foram até o local e informaram os responsáveis sobre o acidente. Prontamente, a empresa repassou a equipe o endereço do motorista.

Viaturas se dirigiram à residência do envolvido, mas ele não foi encontrado . No entanto, apesar de ter desligado o GPS do caminhão para que não houvesse monitoramento, os policiais conseguiram localizar o caminhão no Parque das Bandeiras. O veículo estava estacionado com diversos danos.

Na cabine, os policiais encontraram latas de cerveja e cartelas de medicamento.

Questionado sobre o acidente, o motorista alegou que fugiu do local por medo de sofrer represália.

O caminhoneiro foi preso em flagrante por homicídio doloso e conduzido à Delegacia para realização de exames.

Informações: Diário do Litoral