Caminhoneiro ultrapassa 20 vezes o limite do bafômetro e acaba preso

Caminhoneiro ultrapassa 20 vezes o limite do bafômetro e acaba preso

Na noite dessa segunda-feira (10), a Polícia Rodoviária Federal prendeu o motorista de um caminhão que dirigia completamente embriagado na BR 471. Ele fez o teste do bafômetro que acusou mais de 20 vezes o suficiente para ser considerado infração de trânsito.

Os PRFs realizavam o patrulhamento quando perceberam que o motorista de uma carreta dirigia de forma anormal, com velocidade muito reduzida e com dificuldades em manter o veículo transitando em linha reta. Eles deram ordem de parada a ele, que inicialmente não obedeceu, vindo a parar somente alguns quilômetros depois.

Quando o motorista desceu do caminhão, os policiais já perceberam visíveis sinais de embriaguez, que foi confirmado pelo teste do bafômetro, que acusou 0,94 mg/L de álcool no ar expelido. Ou seja, mais de 20 vezes o suficiente para ser considerado infração de trânsito e quase o triplo do necessário para configurar crime.

Dentro da cabine, os PRFs encontraram uma lata de cerveja aberta que o condutor consumia enquanto dirigia. A carreta, emplacada em Candelária, estava carregada com 36 toneladas de soja. O homem, de 47 anos, admitiu que havia bebido algumas cervejas. Ele estava indo para Rio Grande e disse que pararia pra dormir em Rio Pardo, mas já havia passado mais de 20 quilômetros do acesso à cidade.

 O homem foi preso em flagrante e encaminhado para a delegacia. Ele também sofrerá um processo para suspensão da carteira de habilitação. A carreta foi multada e recolhida para o depósito.