Caminhoneiros descobrem irregularidade em balança do DNIT na MT-130

Foi constatado nessa semana, irregularidades na balança que realiza a fiscalização de peso de caminhões e carretas na MT-130, em Primavera do Leste, no Mato Grosso.

A pesagem, realizada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), chega a apresentar 4 toneladas de diferença em relação ao peso real dos veículos.

Segundo caminhoneiros, a balança é muito curta e o caminhão fica desnivelado na hora da pesagem. Desse modo, sempre apresentará excesso de peso nos eixos.

Diversos motoristas já foram multados por excesso de peso no dispositivo.

A TV Primavera – Record TV, realizava uma reportagem no local, quando uma carreta, com Peso Bruto Total (PBT) de 46,04 toneladas, foi pesada.

Como era de se esperar, a balança apontou 51.900 kg, constando um excesso de 4.650kg.

Revoltados com a situação, os caminhoneiros chegaram a levar os caminhões para outras balanças privadas na região, onde identificaram a diferença no peso dos veículos.