CD no para-brisa do caminhão evita multa no radar?

cd para-brisa de caminhão

Você certamente já deve ter escutado alguém dizer que os caminhoneiros utilizavam CD no para-brisa dos caminhões para evitar que os mesmos fossem multados nos radares.

Essa crença surgiu do pressuposto que a luz refletida pelo CD, atrapalha a detecção do veículo pelas câmeras do dispositivo.

A gente já adianta que isso não faz o menor sentido, uma vez que a detecção e a medição, não é feita pelas câmeras dos radares. A única função delas, é fotografar quando receber o sinal que um veículo excedeu a velocidade.

A medição de velocidade, é feita por sensores presentes no asfalto e que repassam as informações a central do radar.

Esses sensores, chamados de “laços indutivos”, são instalados em linha na pista. Geralmente, são três desses sensores que detectam quando o veículo passa sobre eles.

Com isso, o sistema calcula a velocidade do veículo com base no tempo que o veículo levou para transpor esses detectores.

Caso o sistema detecte que o veículo excedeu o limite de velocidade para a via, um sinal é enviado e a câmera é acionada.

Passar pelo acostamento evita multa?

Caso os sensores indutivos estejam presentes somente em cima da via e nenhuma das rodas passe sobre eles, possivelmente, o sistema não seria capaz de detectar.

Na contramão o sensor pega?

No exemplo abaixo, os laços indutivos estão presentes somente em um lado da via. Caso o veículo trafegue na contramão, o mesmo não será multado por excesso de velocidade.

Caso esses detectores estejam presentes em ambos os sentidos, não há informações sobre a capacidade ou não de detecção de veículos que estejam na contramão e excedendo o limite de velocidade.