Ciclista que morreu atropelado em Morretes era procurado por estupro de vulnerável

Ciclista que morreu atropelado em Morretes era procurado por estupro de vulnerável

Um ciclista de 56 anos morreu após ser atropelado por uma carreta nesse sábado (19), na PR-408, em Morretes, no litoral do estado do Paraná.

Imagens do sistema de monitoramento de uma empresa registraram o momento em que o homem seguia pelo acostamento quando uma carreta-bitrem passou no mesmo sentido.

O veículo de carta colidiu na lateral da bicicleta, que seguia muito próximo à vida, fazendo com que o ciclista se desiquilibrasse e caísse.

Após a queda, as rodas do semirreboque acabaram passando por cima das pernas do homem. O caminhoneiro foi localizado posteriormente e confirmou que viu um ciclista na margem da rodovia, porém, contou que não percebeu o acidente.

Já o ciclista foi socorrido consciente pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Municipal de Morretes. 

Nesse Domingo (20), o homem não resistiu e veio a óbito.

Segundo a Polícia Civil, ele era procurado  desde 2018, quando o juiz expediu um mandado de prisão em seu nome, após uma denúncia de de estupro de vulnerável. Logo após sua saída do hospital ele seria preso.