Conheça o bitrem e rodotrem dos EUA

Conheça o bitrem e rodotrem dos EUA

A gente já falou aqui que praticamente não existe bitrem e rodotrem nos Estados Unidos.

Ambas as configurações, são comuns nas estradas brasileiras e considerados pelos transportadores o tipo de conjunto mais lucrativo.

Vira e mexe, o setor de transporte de cargas brasileiros tenta inventar um novo implemento, com mais eixos ou com maior capacidade de carga.

36 Toneladas

Mas essa não é a realidade dos Americanos, onde o Peso Bruto Máximo permitido para um veículo comercial motorizado não pode ultrapassar as 36 toneladas.

Com isso, utilizar configurações como Bitrem ou Rodotrem é inviável economicamente.

Em alguns casos, quando a carga é leve, mas ocupa bastante espaço, configurações com duas carretas são utilizadas. No entanto, o Peso Bruto Total (PBT) continua sendo 36 toneladas, independente no número de eixos.

Para calcular o peso bruto total de cada veículo, os EUA utilizam a Fórmula de peso bruto da ponte federal, uma fórmula matemática que tem como base o número de eixos e espaçamento entre eles.

Essa fórmula foi criada para proteger a estrutura de pontes e evitar a deterioração prematura das pavimentações, o que ocorre com frequência nas estradas brasileiras.

A fórmula é

W = 500 [LN / N-1 + 12N + 36]

  • W = Peso máximo em libras em qualquer grupo de dois ou mais eixos.
  • L = Distância em pés entre os extremos de qualquer grupo de dois ou mais eixos consecutivos.
  • N = Número de eixos no grupo em consideração.

Como a fórmula é usada?

Algumas definições são necessárias para usar a Fórmula da Ponte corretamente.

  • Peso bruto — O limite de peso bruto federal no Sistema Interestadual de 36 toneladas.
  • Peso de eixo único – O peso total em um ou mais eixos cujos centros não estão separados por mais de 101,6 cm. O limite federal de peso de eixo único no sistema interestadual é 9,07 toneladas.
  • Peso do eixo tandem – O peso total em dois ou mais eixos consecutivos com mais de 101,6 cm, mas não mais do que 243cm de distância, de 15 toneladas.
Entenda porquê nos EUA não existe Bitrem ou Rodotrem, estados unidos,

Exceções a legislação:

Alguns estados americanos, principalmente os que ficam localizados no norte, na divisa com o Canadá, permitem configurações com Peso Bruto Máximo maior, pois esses veículos rodam tanto nas rodovias dos EUA quanto nas do Canadá.

Essas estradas, por sua vez, já são projetadas para receber essa carga extra.

Além disso, algumas empresas em especial, possuem Licença de Excesso de Peso para operarem em locais específicos, como no caso das mineradoras ou de construção civil.

Caçamba Americano! Especial 1000 inscritos!! - YouTube

Cargas indivisíveis também são uma exceção a legislação, mas também necessitam de licenças especiais para trafegarem.

Fretes melhores

Caminhoneiro News | CONFIRA FOTOS E VÍDEO: As incríveis carretas  basculantes dos Estados Unidos.

Os Estados Unidos possuí uma das maiores malhas ferroviárias do mundo. Com isso, cargas pesadas e que não possuem urgência, são transportadas pelos trens.

No entanto, as cargas ainda precisam ser transportadas até os trens e em seguida, até o cliente final.

Esse transporte é realizado por caminhões menores, que realizam viagens mais curtas e com menos peso.

Como a maior parte da viagem já foi realizada pelo trem, custando muito menos que por caminhão, geralmente, o caminhoneiro que realiza o resto da viagem é bem remunerado.

“Ah mas uma vez eu vi um rodotrem”

Apesar de não ser viável nos Estados Unidos, tanto no México como no Canadá, a legislação é diferente e permite esse tipo de implemento.

Muitos bitrem e rodotrem vistos nas rodovias americanas, são na verdade, canadenses ou mexicanos: