Empresas brasileiras já perderam R$ 700 bilhões desde a vitória de Lula (PT)

Empresas brasileiras já perderam R$ 700 bilhões desde a vitória de Lula (PT)

O mercado financeiro, responsável por movimentar a economia brasileira, está cada vez mais preocupado com o rumo que o Brasil deve tomar após a posse do candidato eleito Luís Inácio Lula da Silva (PT).

Desde o resultado do segundo turno das eleições, as empresas brasileiras listadas no Ibovespa, já perderam o equivalente a R$ 700 bilhões de reais.

Só a Petrobras, perdeu R$ 184 bilhões em valor de mercado desde sua máxima histórica em 21 de outubro.

Naquele dia, a soma das ações da estatal atingiram o recorde de R$ 521 bilhões. Nesta segunda-feira (12), a empresa valia R$ 337 bilhões.

A queda acentuada nos investimentos no Brasil se deve principalmente pelas falas e decisões do candidato eleito Lula. A falta de responsabilidade fiscal no plano de governo petista também preocupa os economistas.

Segundo especialistas, Lula está tomando as mesmas decisões erradas que Dilma Rousseff tomou e que geraram a crise de 2016.

Suas indicações para ministérios possuem como embasamento apenas político e não técnico.

Fernando Haddad por exemplo, será o novo Ministro da Fazenda e já planeja novos impostos para custear programas sociais.

Fernando Haddad, em imagem de arquivo de 2016

Avaliado por 45% dos paulistanos como ruim ou péssimo e por 35% como regular, Haddad é o ex-prefeito com a pior avaliação desde Celso Pitta, cujo mandato (1997-2000) foi marcado por confusões e escândalos de corrupção do começo ao fim.