Fumaça que causou engavetamento na BR-277 era vista há dias por moradores

Fumaça que causou engavetamento na BR-277 era vista há dias por moradores

Moradores da região em que ocorreu o engavetamento no início da madrugada de segunda-feira(03), na BR-277, em São José dos Pinhais (PR), afirmaram que os incêndios às margens da rodovia e a intensa fumaça na pista já eram vistos há dias.

“Esse fogo já faz mais de uma semana que está acontecendo. Será que alguém vai tomar uma atitude? Seis, sete famílias morrendo aqui, famílias sendo destruídas por causa de uma fumaça? Hoje foi uma tragédia anunciada”, desabafou Marcos Aurélio, morador da região, em entrevista ao jornal Bom dia Paraná, da RPC.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os incêndios às margens da rodovia na BR-277, na região de São José dos Pinhais, quase triplicaram na comparação entre o segundo trimestre deste ano com o de 2019.

Ainda no domingo (02), antes do acidente, uma equipe de bombeiros se deslocou para tentar apagar o fogo próximo ao local do engavetamento.

“Nesse ponto especificamente, houve deslocamento de viatura para essa ocorrência. Enquanto havia esse deslocamento, o acidente aconteceu. A equipe que estava a caminho acabou fazendo o primeiro atendimento das vítimas”, explica o major do Corpo de Bombeiros, Eduardo Pinheiro.

O major Pinheiro, também menciona o fato da grande maioria dos casos de incêndio em vegetação serem causados pela população. “É uma cultura que existe, ou por vezes até por inocência, em pensar em atear fogo no lixo. Às vezes o pessoal junta folhas e tenta se livrar ateando fogo. E nesse período, com a seca, o fogo se alastra rapidamente”, comenta o major.

A Delegacia de Polícia Civil de São José dos Pinhais investiga o caso.

Fonte: Tribuna Paraná