Quarto eixo na carreta ou no cavalo mecânico? Qual compensa mais

Quarto eixo na carreta ou no cavalo mecânico? Qual compensa mais

As rodovias brasileiras viram o número de carretas 4° eixo aumentar consideravelmente com a nova resolução que permite a implementação do eixo adicional em carretas LS e vanderleia.

Antes da nova resolução, muitos proprietários já conseguiam legalizar esse tipo de implemento, mas de forma “irregular”. Uma quadrilha chegou a ser presa, acusada de fornecer os documentos necessários para instalação de 4° eixo em carretas.

Semirreboque com 4º eixo: Legal ou ilegal?

Ficha técnica

Uma carreta LS convencional possuí Peso Bruto Total de 48,5 ton, já a com a adição do 4° eixo, o implemento passa a ter um PBT de 58,5 toneladas, uma diferença de 10 toneladas.

Mesmo com um semirreboque a menos, o conjunto é capaz de carregar mais peso que um Bitrem (cavalo mecânico + dois semirreboques), que tem PBTC de 57 toneladas.

4° eixo no cavalo mecânico:

7 eixos - Entenda a diferença entre os conjuntos que usam essas  configurações - Blog do Caminhoneiro

Outro implemento que perdeu espaço, foi os cavalos mecânicos 8×2 na carreta LS. Nessa configuração, o Peso Bruto Total (PBT) é de 54,5 toneladas.

Antes da resolução, essa configuração era uma alternativa viável ao bitrem, já que o cavalo mecânico não precisava ser traçado e sua capacidade de carga era praticamente a mesma, mesmo com um semirreboque apenas.

No entanto, a resolução 882, publicada no último dia 13 de Dezembro de 2021, autorizou a circulação de carretas equipas com 4º eixo e de cavalos mecânicos 4×2 para tracionar carretas tipo bitrem.

4° eixo na carreta ou no cavalo mecânico?

Polêmica das carretas com 4° eixo; carrega mais que um Bitrem - Jornal do  Caminhoneiro

A principal vantagem do 4° eixo na carreta é a capacidade de 4 toneladas a mais de carga em relação ao 4° eixo no cavalo mecânico.

O custo de implementação também é distinto.

No caso de uma carreta LS convencional, o preço da adição do 4° eixo manga gira em torno de R$ 45 mil. No caso das vanderleias, o custo é de R$ 31 mil, uma vez que um eixo fixo é colocado no meio dos dos eixos traseiros.

Carreta Vanderleia basculante 4 eixo Randon com pneus - Caminhões -  Araçariguama 1044960566 | OLX

Já num cavalo mecânico, o custo de implementação gira em torno de R$ 50 mil.

No quesito estabilidade e segurança, o 4° eixo na carreta também se sobressaí em relação ao do cavalo mecânico, uma vez que o peso é distribuído do maneira mais uniforme entre os eixos.

Gasto de pneu:

De acordo com proprietários, o 4° eixo no cavalo mecânico, além de possuir dois pneus a menos, tende há ter um desgaste menor.

Isso ocorre por conta do arrasto adicional no 4° eixo da carreta em manobras e curvas. Mesmo com o sistema de eixo manga, que gira conforme a direção do veículo, o sistema não é tão eficiente quanto ao eixo direcional no cavalo mecânico.

Quanto o assunto é manutenção, o eixo adicional na carreta também tende a ter mais desgaste de peças e é mais propenso a dar problemas.

O recomendado, é que em estradas de terra ou com bastante buracos, o eixo seja erguido para evitar danos ao sistema.