Sobrando dinheiro? Lula afirma que Brasil vai voltar a financiar obras em outros países

Sobrando dinheiro? Lula afirma que Brasil vai voltar a financiar obras em outros países

Durante um evento realizado nessa segunda-feira (23), com empresários na Argentina, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), afirmou que o Brasil voltará a financiar obras em outros países de América Latina.

“E qual é o papel do Brasil? (…) O BNDES vai volta a financiar as relações comerciais do Brasil. E vai voltar a financiar projetos de engenharia, para ajudar empresas brasileiras no exterior e para ajudar, que os países vizinhos possam crescer. E até, vender o resultado desse reaquecimento para o Brasil!” declarou Lula.

Beneficiadas com cerca de 11 bilhões de reais (2,1 bilhões de dólares) em financiamentos para obras de infraestrutura executadas por empreiteiras brasileiras durante os governos Lula e Dilma Rousseff, Cuba e Venezuela têm aplicado sucessivos calotes nos pagamentos e mantêm ainda expressivas faturas penduradas no balcão do BNDES. As dívidas a vencer das duas ditaduras somam 3,3 bilhões de reais .

O montante corresponde a 52% da dívida de 1,1 bilhão de dólares a ser paga por dez países ao banco de fomento brasileiro por financiamentos das chamadas “exportações de serviços de engenharia”.

Já nessa semana, Lula (PT), prometeu o empréstimo para a construção do 2° trecho do gasoduto argentino. O valor pode chegar aos R$ 3,5 bilhões (US$689 mi).

“O orgulho que eu tinha quando a gente podia financiar uma obra num país da América do Sul(…), porque é isso que os países maiores têm que fazer, auxiliar os países com menos condições em determinados momentos históricos”, discursou Lula.