Caminhoneiros desafiam João Doria e governador se cala