Caminhoneiros são obrigados a pagar “taxa de segurança” na fronteira com a Argentina