Fiat irá encerrar as atividades na fábrica de Campo Largo (PR)

Fiat irá encerrar as atividades na fábrica do motor E.Torq

A Fiat anunciou o fechamento da fábrica de motores da Stellantis de Campo Largo (PR), onde é produzido o E.Torq.

A fábrica possuí 25 anos e já produziu mais de 1,5 milhão de propulsores da família E-torQ.

Atualmente, a planta é responsável pela fabricação do 1.8, usado na versão de exportação da Fia Toro para países da América Latina, onde se chama Ram 1000.

Stellantis fecha fábrica de motores que operava no Paraná há 25 anos |  Mobiauto

No site da Ram colombiana o modelo não consta mais. Nos sites de Chile, Peru e Panamá ainda consta a Ram 1000 com motor 1.8. O único lugar com opção do 2.0 turbodiesel é o Chile.

A versão 1.6 do E.Torq foi exportada para a Europa, onde era usado no Tipo, no 500X e no Jeep Renegade, mas desde 2020 foi substituído pelo 1.0 turbo Firefly.

Por conta do encerramento das atividades, a empresa se propôs a transferir os 210 trabalhadores da planta para outras unidades pelo Brasil ou auxiliar na transição de quem quiser ficar pela região.