Gasolina é vendida nas refinarias a R$ 0,91 e Diesel a R$ 1,45

Gasolina é vendida nas refinarias a R$ 0,91 e Diesel a R$ 1,45

A Petrobras anunciou nesta semana, um novo reajuste no preço dos combustíveis nas refinarias. De acordo com a estatal, a redução válida a partir desta última terça-feira (21), foi de 8% no preço médio da gasolina e em 4% no do diesel.

Com o último reajuste, o preço dos combustíveis nas refinaria já acumula queda de 52,3% na gasolina e 38% no diesel.

Atualmente, a gasolina é vendida nas refinarias a R$ 0,91 e o diesel a R$ 1,45.

Apesar disso, dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), mostram que os preços médios cobrados dos consumidores em abril ficou apenas 10% abaixo no caso do diesel e 8% no caso da gasolina na comparação com os preços médios de dezembro do ano passado.

Essa diferença no preço vendido nas refinarias e o preço vendido ao consumidor é consequência de uma série de custos adicionais, como ICMS, CIDE, PIS/PASEP, Cofins, transporte, lucro dos postos e lucro das distribuidoras. Após a incorporação destes custos, o resultado é um valor médio da gasolina, para o consumidor, na casa dos R$ 4,30.

Além disso, os postos de combustíveis estão repassando os reajustes de forma lenta e quase que imperceptível ao consumidor. 

De acordo com especialistas, isso é causado, em grande parte, pela “falta de incentivo” dos governos estaduais, já que os mesmos, cobram o ICMS sobre o valor final que é pago pelo consumidor. Ou seja, quanto mais alto estiver o preço dos combustíveis para o consumidor, maior o valor do imposto estadual arrecadado.